« Anterior
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Próxima »

FIMEC 2015

Postado em 20/03/2015

 

 

 

FIMEC 2015 – COMPOR

 

      Esta semana estamos presentes pela 5ª vez na FIMEC, uma das principais feiras do setor calçadista, que acontece em Novo Hamburgo, como falamos na matéria anterior. O ano de 2015 traz novidades e confirmações de tendências. Durante a feira podemos ver bastante investimento nos laminados, metalizados, materiais com brilho, texturas variadas e até mesmo estampas florais e coloridas. Peles exóticas, trazidas também por curtumes italianos, chamaram atenção na feira.

 

      Nosso foco concentra-se no setor coureiro-calçadista, criando e desenvolvendo projetos de calçados, artefatos, coleções completas e design de componentes. Além disto também prestamos serviços de consultoria de moda, marketing e gestão de vendas. A  FIMEC torna se muito importante para o nosso trabalho, além de ser na nossa cidade e nos aproximar ainda mais dos clientes e visitantes.

 

      Chegamos ao último dia de mais uma FIMEC com a certeza que estamos no caminho certo. A feira de 2015 esta sendo uma ótima oportunidade para prospecção e firmação de parcerias. Tivemos ótimos contatos durante todos os dias, na feira e na empresa. Estamos fechando contratos e vem muita novidade por aí!

 


      Também encerramos com a certeza que o setor tem condições para crescer e possui espaço tanto no mercado interno quanto no externo. A busca por conhecimento, tendências e resultados é o que a feira proporciona aos expositores e visitantes. Saímos felizes com os resultados e ansiosos para a próxima.

 

 

 

Publicado em: Cases

LRB - Verão 2016

Postado em 29/01/2015

lllll

 

      Ontem a Compor esteve visitando o showroom da LRB Tecidos, em Novo Hamburgo, durante o evento de lançamento da coleção Verão 2016. A empresa já esta em parceria com a Compor, fazem 3 anos e a cada coleção mostra resultado de um trabalho impecável que atende as principais tendências do mercado.

      O tema do Verão 2016 da LRB é ‘Less is More’, tecidos mais simples porém com efeito visual mais rico. As grandes apostas ficaram por conta dos tecidos estampados com texturas, lonas bem coloridas, bastante brilho, acabamentos metalizados, brilho suave, lona desgastada, liso com sobre tom e listras. Acreditam que o que vai ter grande busca também serão as lonas com efeitos jeans desgastados.

      Os grafismos indígenas continuam, confirmando a tendência do inverno. Vemos um forte destaque no trabalho manual e nos materiais como nylon. Há um foco no setor esportivo também.

      Na cartela de cores a aposta para a estação são as cores cítricas, o dourado e também os tons terrosos já confirmados como tendência.

      A LRB trabalha cada vez mais com a ideia de exclusividade de cada cliente desde o desenvolvimento da proposta. As novidades estão incríveis e vale a pena dar uma conferida de perto.

 

llkk

 

bhhh

jkhuh´8

jj

Publicado em: Cases

Viagem para pesquisa Compor - EUA

Postado em 28/11/2014

      No último mês, a Tatiana e o Caio da Compor, estiveram viajando para ficar por dentro dos lançamentos de inverno 2015, ver o que as pessoas estão usando, comendo, falando, etc. Acreditando que precisamos visitar os grandes centros influentes tanto em comportamento quanto em lançamentos de moda, escolheram Nova York e Miami como destinos, que para eles é o local perfeito, onde está o mundo todo em uma cidade só e as pessoas tem necessidade de consumir o que é novo de imediato ao contrário do Brasil, onde somos mais tradicionais e precisamos ver para depois ter certeza de usar.

      O que mais chamou atenção no estilo das pessoas, tanto na rua quanto nas vitrines, falando sobre os calçados foi a força que o tênis está tendo, principalmente o modelo com sola caixa, muita mistura com informações de moda (onça, dourado, verniz, etc..). O modelo iate é campeão. Meninas com shortinhos, desfiados, usados com booties, têncis, com meia calça. Também tem a volta do meião acima do joelho, fazendo concorrência com a bota over the knee, que vai continuar com força no próximo inverno. E as booties de cano curtinho também continuam, estavam presentes no frio de Nova York e no calor de Miami.

 

tenis1

tenis2

 menina1

 

     De aspectos negativos não há nada de novo, muitas repaginações de estilos e produtos. Tudo praticamente igual ao que foi visto em fevereiro na Europa. Mas isso, acredita Tatiana que seja reflexo da crise mundial ninguém arroja demais e o foco são produtos comerciais. Um dos aspectos positivos também foi a democratização do duo tênis + moda (sport fashion), onde o conforto está sendo mais valorizado e o estilo não montado está se consolidando.

      Sobre cores e materiais, o que chamou mais atenção foi a força do pelo e das peles, tanto em marcas massificadas quanto marcas premium. Muita onça ainda permanece, a cor berinjela é uma constante tanto para o feminino quanto masculino. A utilização do box, que é similar ao verniz, porém mais opaco é uma novidade também.

 

pele

verniz

     

      A conclusão da viagem foi ótima, muitas novidades e ideias novas para o próximo ano.

      Sobre o Brasil estar caminhando junto no lançamento de tendências ou estar atrasado, Tatiana traduz em uma frase ‘Se é moda aqui, é moda em todo lugar’. Andamos colados com os grandes centros mundiais. Segundo ela o que muda é a personalidade e estilo dos consumidores, nós os brasileiros ainda somos tradicionalistas, não assimilamos tão rápido as novidades, precisamos ver os formadores de opinião usando para aí então ter certeza de que podemos usar e que queremos este produto. Por esta razão acabamos as vezes massificando um produto somente um ano ou mais depois que os EUA e a Europa já estão usando. Mas a informação que chega aqui chega no mesmo momento que é lançada no exterior.

 

mundi

 

Publicado em: Cases

Zero Grau 2014

Postado em 21/11/2014

 

      A quarta edição da feira Zero Grau, encerrou na última quarta feira (19/11), no Centro de Convenções do Serra Park, de Gramado/RS. Após um ano agitado de Copa do Mundo e Eleições a feira mostrou que a indústria brasileira está em um novo panorama e aponta para o crescimento em 2015. A edição contou com desfiles, palestras e muitos negócios fechados. O diretor da Merkator Feiras e Eventos, empresa que promove a feira, Frederico Pletsch vê comprometimento do parque fabril, para os meses de janeiro e fevereiro de 2015 .

      “Os depoimentos dos nossos expositores remetem para um momento novo: um sentimento de entusiasmo respeitoso, mostrando uma grande disposição de retomada dos negócios e do consumo no país. Tenho recebido informações de vendas acima da expectativa, de alguns, pedidos generosos, por parte de outros, mas de uma movimentação constante. O lojista veio para renovar os estoques, talvez com pedidos menores, mas com disposição de fazer belas vitrines em suas lojas’’, comenta Frederico.

 

z1

        A Compor esteve visitando a feira na quarta feira, em especial 3 dos seus clientes que estavam expondo e vamos mostrar um pouco do que cada um tem para o próximo ano.

LYND

       Recentemente a marca passou por uma reformulação e ampliou sua gama de produtos, buscando diversificar, focando também em modelos casuais. Além disto teve o lançamento da linha infantil casual, os mesmos tênis da linha com numeração infantil, criando o estilo ‘tal mãe, tal filha’. A ampliação do mix automaticamente criou uma nova frente de vendas. 

       Com essa força de vendas renovada a Lynd esteve presente na feira Zero Grau com muitos lançamentos. O destaque vai para o design da linha casual feminino, desenvolvida junto com a Compor.

 z2

 

 z3

NOVOPÉ 

      A marca Novopé de Novo Hamburgo, trabalha com três linhas: Baby, Kids e Tweens. O destaque vai para os lançamentos da linha Tween, direcionada ao público pré adolescente, design, atitude e conforto estão presentes nos produtos. A feira teve bastante retorno para a marca que contou com muitos contatos novos e prospecções.
Com o objetivo de produzir calçados visando o máximo de qualidade e conforto, a Novopé, que já está a 23 anos no mercado relaciona sua produtividade com o cuidado, responsabilidade e comprometimento de seus colaboradores.
 

      Os produtos que roubaram os holofotes durante a feira Zero Grau este ano foram as botinhas de polaina, modelos com franja e a linha que segue o estilo skate.

 

z55z5

UM TERÇO

      A marca Um Terço, de Nova Trento/SC, trouxe para esta edição da Zero Grau muita confiança em seus lançamentos que estão muito bonitos e confortáveis. Os modelos de botas com cano acima do joelho que continua com tudo no próximo inverno, detalhes em dourado e as franjas estiloque também são tendências para a estação. A Compor está muito feliz com esta parceria que já está rendendo ótimos frutos.

z78

z7

 

 

Publicado em: Cases

Workshop Sistema Moda Brasil – Fortaleza/CE

Postado em 12/09/2014

      A Assintecal (Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos) está promovendo workshops pelo país para promover o conceito do Sistema Moda Brasil, criado em 2008 pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), para integrar as entidades da cadeira brasileira de moda. O SMB tem como alguns de seus objetivos desenvolver projetos que beneficiem a indústria da moda, compartilhar e integrar informações e experiências, buscar soluções em conjunto para problemas comuns, incentivar o cooperativismo e associativismo e desenvolver inteligência competitiva, entre muitos outros.

      No dia 28 de agosto, aconteceu o último Workshop Sistema Moda Brasil, na cidade de Fortaleza/CE, onde reuniu mais de 130 pessoas na FIEC (Federação das Indústrias do Estado do Ceará). O evento contou com quatro palestrantes que falaram sobre diversos assuntos relacionados ao tema. Tatiana Ritzel - ‘’Atendimento Tecnológico e Consultoria em Design’, Walter Rodrigues – ‘’Integração do Sistema Moda Brasil’’, Lucius Vilar ‘’Planejamento de Coleção’’ e Carol Garcia – ‘’Presumers: os novos influenciadores da indústria de moda e o impacto das redes sociais na imagem da marca’’.

 

 Tatiana Ritzel

 

      Aconteceram também, no mesmo dia, as primeiras consultorias na Materioteca de Fortaleza. Estas Materiotecas, tanto as físicas como as virtuais, tem como objetivo facilitar o acesso das empresas de calçados, empresários, designers e estilistas a diversos tipos de componentes.

      Além de empresários, estiveram presentes Ricardo Zanatta Bortoli, analista de comércio exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC); Luiza Lorenzetti, da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT); Maria Oirta Vasconcelos, gerente do Senai parangaba e Fernando Ribeiro de Melo Nunes, diretor regional do Senai/CE.

      O evento foi realizado pela Assintecal juntamente com o CICB (Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil)  e ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) e contou com o apoio do Sebrae e parceria do Senai/CE, Sindcalf, Sinditêxtil, Sindroupas e Sindiconfecções.

 

Publicado em: Cases

« Anterior
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Próxima »