Arte&Marketing nos Muros do Brooklyn

Postado em 29/04/2016

 

No início dos anos 70 o movimento hip hop começou a se destacar na cidade de Nova York com um cunho mais social, voltado ao protesto. Logo as expressões artísticas começaram a refletir também em forma de arte nos muros da cidade invadindo o bairro do Brooklyn logo no início dos anos 80. 

A partir de então, o Brooklyn é conhecido como um dos bairros mais ricos em grafite e pichações da região, tendo hoje, cerca de 70% deles já cobertos pelos mais variados desenhos, frases, cores e manifestações culturais. Não demorou muito para que as grandes marcas começassem a olhar para este movimento e ver nele uma forma de divulgar seus produtos de maneira diferente e original, em um dos bairros mais tradicionais e mais visitados da cidade. Hoje é possível conferir divulgação de marcas como Armani, Jameson e New G utilizando de grafite para expor seu posicionamento. Geralmente são contratados nomes renomados desta prática para realizar a arte, fazendo com que o marketing seja feito para a marca sem divergir do padrão já encontrado no local. Além disso, a prática é considerada sustentável uma vez que não são utilizados cartazes ou panfletos para marketing no local, evitando geração de resíduos.Não apenas as marcas como os moradores do local e a própria prefeitura investem para que os artistas continuem expressando sua arte nos muros trazendo mais vida e cor ao Brooklyn.

Em sua última viagem de pesquisa à Nova York, nossos diretores, Tatiana e Caio tiveram a oportunidade de ver de perto essas verdadeiras obras de arte ao ar livre.

 

Publicado em: Cultura

NOME

EMAIL

COMENTAR

COMENTÁRIOS