A importância da informação

Postado em 08/11/2013

Não é de hoje que o apresentador americano Jimmy Kimmel faz brincadeiras um pouco constrangedoras com o público e até mesmo famosos. Uma delas é sair por aí perguntando coisas que não fazem sentido sobre política, economia e etc para saber se as pessoas realmente estão informadas.

 

Com essa inspiração, a revista Glamour foi para os bastidores da semana de moda de São Paulo, uma das mais importantes do Brasil. A proposta era entrevistar alguns dos visitantes e perguntar sobre o que eles acharam dos desfiles. O detalhe é que as perguntas não faziam sentido e traziam peças, coleções e estilistas que nunca passaram pela passarela ou que sequer existem.

 

Qual foi o resultado? Você vê em detalhes abaixo, mas o que já pode-se adiantar é que a maioria das pessoas caiu na pegadinha. Isso só mostra o quanto o “status” de pessoa informada é muito mais valorizado do que ter a informação de verdade.

 

 

 

Todo mundo, principalmente no universo fashion, quer ser dono da informação, quer dar opinião e ser visto pelos outros como expert no assunto. Com isso, duas coisas podem acontecer: ou o trabalho se torna raso e superficial, ou muitas palavras são escritas sem base alguma sobre o tema.

 

Agora, é possível entender melhor o poder do boato, do borburinho na internet e o porquê se vê tantas matérias em importantes canais, sem nenhum fundamento. No final, o que realmente interessa é ser informado, no sentido mais literal da palavra.

 

Fonte: Revista Glamour

Foto: FFW

Publicado em: Cultura

NOME

EMAIL

COMENTAR

COMENTÁRIOS