O consumo na palma da mão

Postado em 28/02/2014

Desde o lançamento do primeiro smartphone no mercado, já se sabia que este novo modo de se comunicar com o mundo influenciaria na vida da muitas pessoas. Mas, hoje o uso do aparelho tomou proporções inacreditáveis com a criação de milhares de aplicativos perfeitos para “facilitar” a vida do usuário. Não se trata mais de uma tendência, a dependência do consumidor é real e, para agradá-los, o mercado segue essa curva ascendente da utilização do smartphone.

 

Na China, atualmente já é possível tratar como comum o hábito de fazer as compras do supermercado através de um grande painel interativo nas estações de metrô. A compra é feita pelo celular, através de um aplicativo. Restaurantes, bares, bancos e até mesmo o varejo, segmento mais conservador do mercado, tiveram que se adaptar a esse novo método de consumo. Tudo, para tornar suas marcas cada vez mais atrativas e conquistar este novo público.

 

Mas e o consumidor, onde ganha com isso? Hoje, ao entrar em um estabelecimento é possível ter acesso a todas as informações que você quiser, de qualquer um dos produtos. Quem tem um smartphone em mãos, tem o poder de comparar preços, ler resenhas, opiniões de pessoas que já compraram na loja e até mesmo negociar valores. É, parece que o futuro finalmente chegou e ninguém mais terá que esperar em filas, perder tempo entrando de loja em loja buscando o melhor preço. Em um único click, parece que a vida toda se resolve. Será? 

Publicado em: Cultura

NOME

EMAIL

COMENTAR

COMENTÁRIOS