Viagem para pesquisa Compor - EUA

Postado em 28/11/2014

      No último mês, a Tatiana e o Caio da Compor, estiveram viajando para ficar por dentro dos lançamentos de inverno 2015, ver o que as pessoas estão usando, comendo, falando, etc. Acreditando que precisamos visitar os grandes centros influentes tanto em comportamento quanto em lançamentos de moda, escolheram Nova York e Miami como destinos, que para eles é o local perfeito, onde está o mundo todo em uma cidade só e as pessoas tem necessidade de consumir o que é novo de imediato ao contrário do Brasil, onde somos mais tradicionais e precisamos ver para depois ter certeza de usar.

      O que mais chamou atenção no estilo das pessoas, tanto na rua quanto nas vitrines, falando sobre os calçados foi a força que o tênis está tendo, principalmente o modelo com sola caixa, muita mistura com informações de moda (onça, dourado, verniz, etc..). O modelo iate é campeão. Meninas com shortinhos, desfiados, usados com booties, têncis, com meia calça. Também tem a volta do meião acima do joelho, fazendo concorrência com a bota over the knee, que vai continuar com força no próximo inverno. E as booties de cano curtinho também continuam, estavam presentes no frio de Nova York e no calor de Miami.

 

tenis1

tenis2

 menina1

 

     De aspectos negativos não há nada de novo, muitas repaginações de estilos e produtos. Tudo praticamente igual ao que foi visto em fevereiro na Europa. Mas isso, acredita Tatiana que seja reflexo da crise mundial ninguém arroja demais e o foco são produtos comerciais. Um dos aspectos positivos também foi a democratização do duo tênis + moda (sport fashion), onde o conforto está sendo mais valorizado e o estilo não montado está se consolidando.

      Sobre cores e materiais, o que chamou mais atenção foi a força do pelo e das peles, tanto em marcas massificadas quanto marcas premium. Muita onça ainda permanece, a cor berinjela é uma constante tanto para o feminino quanto masculino. A utilização do box, que é similar ao verniz, porém mais opaco é uma novidade também.

 

pele

verniz

     

      A conclusão da viagem foi ótima, muitas novidades e ideias novas para o próximo ano.

      Sobre o Brasil estar caminhando junto no lançamento de tendências ou estar atrasado, Tatiana traduz em uma frase ‘Se é moda aqui, é moda em todo lugar’. Andamos colados com os grandes centros mundiais. Segundo ela o que muda é a personalidade e estilo dos consumidores, nós os brasileiros ainda somos tradicionalistas, não assimilamos tão rápido as novidades, precisamos ver os formadores de opinião usando para aí então ter certeza de que podemos usar e que queremos este produto. Por esta razão acabamos as vezes massificando um produto somente um ano ou mais depois que os EUA e a Europa já estão usando. Mas a informação que chega aqui chega no mesmo momento que é lançada no exterior.

 

mundi

 

Publicado em: Cases

NOME

EMAIL

COMENTAR

COMENTÁRIOS