Exclusividade e sustentabilidade

Postado em 19/02/2015

louloux

     

      A tendência agora é ter algo com a sua cara, ou seja, fazendo a linha ‘você é o que você veste’. Sim! Algumas marcas já estão há algum tempo seguindo esta moda e outras começaram agora, de forma sustentável, exclusiva e porque não, inovadora.

     No Brasil temos alguns exemplos, como a Louloux, Insecta Shoes, Folklore e etc. A maioria pensa que a busca por algo exclusivo pode levar tempo, ter que fazer encomenda, porém a maioria das marcas possui loja online, com produtos diversos e que podem ser enviados para qualquer parte do país.

     A Insecta Shoes, sapatos veganos (isso mesmo!), criada por Bárbara Mattivy e Pamella Magpali, faz seus produtos a partir de roupas encontradas em brechós, com isso as estampas se tornam exclusivas. Os sapatos são feitos com sola de borracha 100% reciclada triturada. Não usam nenhuma matéria prima de origem animal e usam o reaproveitamento como lema.

      ‘’
Trabalhamos com um pequeno ateliê em Novo Hamburgo que nos ajuda na produção e ela é praticamente toda à mão. Uma saia, por exemplo, pode se transformar em 5 sapatos, dependendo do tamanho, mas produzimos 5 sapatos 100% únicos porque mudamos a cor da sola, do forro, do cadarço. Então as chances de encontrar um Insecta igual ao outro na rua são zero! Cada leva de sapatos demora em torno de 15 dias pra ficar pronta. E cada sapato, digamos que em torno de um dia.’’ Conta uma das sócias.

      Já a Louloux, é uma empresa em que todo o material utilizado, tirando a linha e a cola, é feito da reutilização das sobras de produção de outras marcas. Contribuindo para a sustentabilidade e criando combinações exclusivíssimas, sem limites para a criatividade, apenas para os pares por lote.

      Este tipo de mercado está crescendo cada vez mais e ganhando um ótimo espaço no armário das consumidoras e consumidores de calçados do país. Vale a pena conhecer e procurar as marcas sustentáveis, assim além de contribuir com o planeta, você veste algo único, com a sua cara.

 

 

Publicado em: Cultura

NOME

EMAIL

COMENTAR

COMENTÁRIOS